Quem sou eu

Minha foto
"A um certo tempo, não deixarei que minhas lágrimas, falem-me tanto de você!"(Rosane Oliveira)

sábado, 18 de abril de 2009

Overdose

Overdose
No breu da noite naufrago,
Num cheio vazio que me transborda;
Escorre por minhas extremidades,
Verte por meus orifícios,
Flui lentamente,
Coagulando o vermelho que me faz viva...
E sufoca-me!
Maldito sentir dolorido!
Que apaga o meu sorriso,
E faz-me adoecer
Por tanto lhe querer!
E no orifício mais profundo
Sem nenhuma vela ou flor singela,
Sepulta o meu prazer!
Nem mais sinto dor;
Sequer tenho lágrimas
Nem tão pouco amor!
Se ainda vivo?
Não sei!
Esqueci o que é vida!
Em overdose de saudades,
Degusto a morte...
Enquanto você não vem!
Rosane Oliveira

4 comentários:

  1. "em overdose de saudade"
    Teus versos me levaram em sua emoção
    acordando a saudade que em mim habita
    ... Felicidade e desdita!!!

    Lindo demais, Amiga Rosane!!!

    Beijos no teu coração, viu!!!
    Iza

    ResponderExcluir
  2. Minha querida amiga:
    Voce tem que degustar é VIDA , muita vida !!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Teu blog é LINDO!
    Adorei!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. meus parabens amei seu blog simplismente perfeito

    ResponderExcluir